terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Um pouco mais sobre o Canadá

Oi pessoal,
Muitas pessoas já conhecem, mas para quem ainda não viu, seguem reportagens "Canadá, a Nova América" que passou em agosto na Record...vale a pena conferir.









terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Viagens para dentro e para fora

A idéia do blog foi da Re, mas estou achando ótimo. E, é claro, agradecido pela singela homenagem do título. Será uma excelente forma de registrarmos e divulgarmos a nossa aventura de mudar de país.

Sempre concordei com quem diz que as
grandes viagens para fora também são grandes viagens para dentro. E justamente neste momento, com o final do ano chegando e a sensação de que "falta pouco", me pego pensando sobre algumas questões práticas e ainda indefinidas, como o que levar, o que deixar, o que vender, o que doar.....

Então fico me questionando o que é que realmente precisamos para comecar uma nova vida no Canadá. Nem fizemos as malas ainda e eu já estou olhando para dentro, analisando o que será de mim nesta nova etapa.

Um dos meus "gurus espirituais", Jerry Seinfeld, tinha uma fala onde perguntava ao amigo George: "Para que você precisa dos seus livros, se já os leu?". Não que eu tenha tantos livros assim, são algumas dezenas, mas são todos importantes para mim. Sei que a maioria pode ser recomprada se for necessário, mas nada como tê-los ao alcance da mão. Olhando para a estante (que recentemente arriou, vergando numa clara manifestação da sua revolta pelo excesso de peso), penso que cada um desses livros define uma parte de quem eu sou. Do momento da escolha, da compra, da leitura e muitas vezes da releitura, partes destes textos me acompanham e me norteiam no dia-a-dia.

Será difícil deixá-los para trás.



segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Pronúncia...

O visto de residente permanente nos dá os mesmos direitos de um cidadão canadense, com exceção para:

* Votar ou fazer carreira política;
* Ocupar cargos do governo que necessitem de um alto nível de segurança;
* Permanecer no Canadá se você for condenado por um crime ou tenha sido expulso.

Além dos mesmos direitos, o governo canadense ajuda os imigrantes com cursos de inglês, francês e cursos preparatórios para o mercado de trabalho canadense (dicas para elaboração do currículo, entrevista, ajuda para estágios, etc), tudo sem custo.

É claro que vamos aproveitar e fazer alguns cursos, mas depois de ver esse vídeo abaixo, fiquei com dúvidas se devo mesmo fazer o curso para vocabulário e sotaque/ pronúncia.

Assistam e me digam: Vocês acham que devo mesmo fazer esse curso?

Vídeo

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

A decisão...

Um dos fortes motivos para começar esse blog é manter nossos familiares, amigos e afins atualizados sobre nosso processo de imigração para o Canadá (uhu!!).

Para quem ainda não sabe, depois de algumas pesquisas e ponderações, nós decidimos dar entrada no processo de residente permanente para mudar de vez para o Canadá (ou pelo menos sem volta definida...).

Tudo começou depois de um almoço em família...a Silmara, prima do Gus, que já morou em Toronto e adora aquele país, nos fez a seguinte pergunta: Pq vcs não fazem o processo de imigração pro Canadá assim vou ter aonde ficar quando eu for? Ahahaha, Silmara, você será super bem-vinda e pode sim ficar em nossa casa (ou basement? Ou “apertamento”?) se tudo der certo. :)

Depois dessa pergunta e da minha resposta negativa “Não, imagina, nunca, adoro praia, sol, calor...não vou mesmo passar frio...até moraria fora do Brasil, mas não no Canadá...”...enfim...voltamos pra casa...

Nessa época estava procurando emprego e a coisa não estava lá muito boa...salário x função x empresa x localização....sempre tinha alguma coisa que não me convencia muito e preferia continuar procurando....

Mas, depois de uma semana do fatídico almoço, depois de mais uma entrevista sem futuro, depois de mais uma notícia triste na TV, olhei para o Gus, ele olhou pra mim e resolvemos pesquisar sobre o assunto...sem compromisso, claro! :)

Entramos no site da imigração, lemos sobre o processo, como funciona, quais as opções, quais os passos, e fizemos o teste online para saber se teríamos chances....e não é que tínhamos! :)

Bom, isso foi em dez/06...pensamos mais um pouco, decidimos que sim, e lá fomos nós imprimir os formulários, entender como preencher, ler o site tudo de novo, e em jan/07 fomos pessoalmente ao consulado do Canadá dar entrada.

Foi super rápido e sem filas...lembro-me bem que o segurança grandalhão, que realmente impõe respeito, foi simpático...não posso avaliar o atendimento da “moça bunita” que fica atrás do vidro, provavelmente blindado, pois mal tive tempo de reparar se ela tinha espinhas no rosto, de tão rápido que foi...Ufa, saímos de lá com um frio na barriga...

Ainda em jan/07, quando no final do dia fui colocar o lixo pra fora, ao abrir a porta me deparo com as correspondências....seria um dia normal de chegada de correspondências, com contas a pagar, extratos do banco, algum convite, propaganda ou crédito pré-aprovado para empréstimo, se não fosse, no meio de tantos envelopes, o tão famoso envelope de papel reciclado...(muitos conhecem e esperam ansiosamente por este envelope)...Não me dei conta do que era, nunca tinha visto o envelope...e apesar de estar no nome do Gus, prestei atenção...e não é que tinha um carimbo do consulado! Meu coração disparou!

A carta dizia que estávamos numa fila de espera e que a previsão era que o processo demorasse 16 meses...éramos pra esperar pela próxima carta, a de solicitação dos documentos de comprovação (diplomas, histórico escolar, certidões, atestado de antecedentes, comprovação de renda, experiência profissional, teste de inglês...) e nos encorajava a estudar a língua escolhida, em nosso caso, o inglês.

Depois disso foi esperar...esperar...esperar....

Até que em agosto, todo o processo de recebimento de correspondências se repete! Ahã, mas dessa vez eu já conhecia o tal envelope reciclado! :)

A carta pedia para providenciarmos todos os docs já citados num prazo de 3 meses...pedia cópia simples, a não ser que estivesse informado o contrário...e lá fomos nós correr com tudo....queríamos mandar logo, o quanto antes, achando que fizesse diferença...(hoje, lendo vários blogs e participando de um grupo de discussão, descobri que não, que o prazo é o mesmo, que não vão avaliar o nosso processo antes do prazo estipulado...)

Fazer o teste IELTS (prova de inglês - esse é assunto para um próximo post), procurar em nossos arquivos, solicitar os que faltam, pedir o atestado na polícia federal (assunto para um post tb)...

Em 01/11/07 o Gus foi pessoalmente levar toda a documentação...como é perto de casa (o consulado fica no WTC), achamos melhor ir até lá do que mandar via correio...Gus pode contar melhor como foi e fica como assunto para um outro post! :)

Bom, só me lembro de receber uma mensagem do Gus no celular, umas 13h, com o seguinte texto: DONE!

E agora?

Bom, agora....agora é só esperar....

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

E tudo começou....

Tudo começou com a ligação de uma querida amiga....segunda-feira, 26/11/07, Flavinha me liga para dar os parabéns pelo meu aniversário....conversa vai conversa vem, ela me indica o blog do Gean. Na hora nem dei muita bola, estava no carro dirigindo (ok, isso não pode!) e não tive nem como anotar...
Dois dias depois chega em meu e-mail o tal link, e como estava super tranquilo no trabalho resolvi abrir.
Nunca fui muito ligada nessas coisas de blog...gosto da internet, faço minhas pesquisas, mas sempre entro nos sites mais básicos....jornais, revistas, google é claro, até faço umas comprinhas na amazon, mas blog só lia o de um querido amigo canadense, o Greg!
Nossa, não conseguia parar de ler...passei uma semana devorando cada post, desde o comecinho, anotando as dicas, entrando em outros blogs, lendo um aqui, um ali, salvando as indicações...
Eu, que nunca curti muito escrever, fiquei morrendo de vontade de começar um...então, aqui estou!
Gente, o que eu quero mesmo é poder compartilhar com vocês um pouco da
nossa vida...é isso mesmo, nossa vida pq o marido Gustavo, que até foi homenageado com o nome escolhido para o blog, vai postar também...aliás, ele gosta mais dessas coisas de escrever do que eu.
Então, sejam todos bem-vindos!

Aniversários.... 2 Anos de Canadá

Há dois anos atrás estavamos no limbo, hospedados na casa da irmã da Re em Houston por alguns dias a caminho de Toronto. Então pelo men...